Sensibilidade nos dentes: O que deixa seus dentes mais sensíveis

Por Odonto em 28 de Julho de 2017
dentes sensíveis

Sabe quando você toma algo gelado e sente uma sensação estanha nos dentes? A sensibilidade nos dentes é uma condição que afeta um em cada quatro adultos e que pode aparecer em diversas ocasiões, seja quando a pessoa ingere alimentos e líquidos muito quentes ou frios, seja com a mordida ou até o ar.

No entanto, a sensibilidade nos dentes tem praticamente uma só grande causa: o desgaste do esmalte dental.  A hipersensibilidade dentária, como é conhecida pelos dentistas, é causada pela exposição excessiva da dentina. A dentina contém pequenos túbulos, onde estão as terminações nervosas e os fluidos que compõe nossos dentes. O aumento ou diminuição intensa de temperatura, ou um impacto mais forte fazem com que esses fluidos se movam e isso causa a sensação de dor e a sensibilidades nos dentes.

Portanto, ao contrário do que muitos pensam, a melhor maneira de evitar a sensibilidade nos dentes não é evitar consumir líquidos e alimentos quentes ou frios, e sim, evitar o desgaste do esmalte dental.

Para evitar o desgaste do esmalte e a sensibilidade dental, é recomendável prestar atenção para algumas situações:

Escovação excessiva

A sensibilidade dental pode ter como causa a escovação excessiva. Isso porque escova com cerdas muito duras ou uma escovação feita de forma muito agressiva podem desgastar fortemente o esmalte dos dentes e assim expor a dentina.

Problemas de gengiva

A gengivite também podem ser causar sensibilidade nos dentes. Quando a gengiva fica inchada ela sofre retração, se afastando do dente e deixando exposta uma parte deles que não tem esmalte. Assim, a dentina e a superfície da raiz do dente ficam expostas diretamente às temperaturas mais extremas.

Clareamento dental

O clareamento dental é um dos tratamentos que, se não for feito da maneira correta, pode causa um aumento da sensibilidade dental.

Isso porque o clareamento dos dentes aumenta temporariamente a abertura dos túbulos da dentina, limpando as manchas dos dentes.

O uso de cremes dentais abrasivos também tem o mesmo efeito e pode causar sensibilidade dental se houver um desgaste excessivo do esmalte dos dentes.

Restaurações com problemas

Quando fazemos alguma restauração ou obturação nos dentes, se preenche com resina a região do dente que é desgastada para retirar a cárie.  Quando a restauração não é bem-feita ou quando ela é antiga e não é bem cuidada, os dentes que passaram por esse tipo de tratamento podem sofrer com a sensibilidade, já que a parte interna do dente pode ficar mais exposta.

Erosão dentária

Outro fator que pode desgastar o esmalte dos dentes e causar sensibilidade é a erosão dentária.

Existem dois tipos de erosão: intrínseca, onde o desgaste é provocado pelo ácido gástrico em decorrência de refluxo gástrico ou problemas como anorexia e bulimia; e extrínseca, onde os ácidos são ingeridos em forma de líquidos ou alimentos, em geral açúcar, refrigerantes ou outros líquidos. 

Ambos os tipos de erosão podem causar a sensibilidade, já que, em maior ou menor intensidade, as substâncias ácidas desgastam o esmalte e deixam a dentina mais exposta.

Independentemente das causas, a sensibilidade dental é um problema que tem tratamento e que pode ser minimizado com a aplicação de selantes, por exemplo, e o uso de cremes dentais menos abrasivos. O importante é consultar um dentista para saber qual é o tratamento indicado para cada caso.

 

Na OdontoPrev, todos os planos dão direito a consultas de rotina, restaurações, assistência 24h em caso de emergências.

 

Com o Plano Dental Bem-Estar da OdontoPrev você tem acesso a todos estes tratamentos e muito mais todo o tratamento de clareamento dental, desde a primeira consulta até a conclusão, sempre com dentistas especialistas

 

Ainda não conhece a OdontoPrev? Clique aqui e confira todas as vantagens que nossos planos podem te oferecer.