Placa x Tártaro: quais são as diferenças e como ambos podem prejudicar sua saúde bucal

Por Odonto em 26 de Julho de 2017
placa de tartaro

Todos nós sabemos que a má higienização é a principal causa de grande parte dos problemas bucais que enfrentamos. Isso porque é a escovação, assim como o uso do fio dental e do enxaguante bucal, que evita o acúmulo de sujeira e restos de alimentos na nossa boca e assim não permite que se aparecem dois dos grandes vilões da saúde bucal: a placa bacteriana e o tártaro.

 

Placa bacteriana

A placa bacteriana, conhecida também pelos dentistas como biofilme dental, é uma película que se forma em volta dos dentes e da gengiva e que é composta por bactérias que podem infectar o nosso organismo e causar sérios problemas bucais como a gengivite, as cáries e o mau hálito.

A placa bacteriana é incolor e pegajosa e, por tanto, a melhor maneira de prevenir a sua formação é através da escovação e do uso de fio dental.

 

Tártaro

Caso haja o acúmulo de placa bacteriana e esse acúmulo não for limpo rapidamente, esta placa endurece, se converte em tártaro e se torna um problema ainda maior para o paciente.

Isso porque a única maneira de retirar o tártaro é através de uma limpeza profissional feita por um dentista. Essa limpeza é realizada por meio de uma raspagem, também porque o tártaro costuma aparecer em lugares de mais difícil acesso, abaixo do nível da gengiva, por exemplo.

Além de causar os mesmos problemas da placa bacteriana, o acúmulo de tártaro também causa um prejuízo estético ao paciente já que muda a coloração dos dentes e os deixa mais amarelos ou marrons.

 

Aqui na OdontoPrev você encontra o Plano Dental Bem-Estar que oferece limpeza, restauração, tratamentos de gengiva e muito mais.

 

Acesse e confira as opções que a OdontoPrev tem para te oferecer.