Boca seca: causas e consequências da xerostomia

Por Odonto em 04 de Agosto de 2017
boca seca

Muita gente costuma sentir a sensação de ter a boca seca em algumas ocasiões, o que é completamente normal. Mas o que grande parte das pessoas não sabe é que ter a boca seca pode não só trazer algumas consequências negativas para a saúde bucal como também pode ser sinal de algum problema mais grave.

A boca seca ou xerostomia, como é conhecida pelos dentistas, representa a baixa produção de saliva por parte das glândulas salivares. O grande problema de ter a boca seca é que a saliva é importante para proteger a boca e ajudar na digestão, já que em sua composição existe uma série de enzimas, minerais e anticorpo. Além disso, uma boca úmida atrapalha a formação da placa bacteriana e ajuda a diminuir os riscos de inflamações nas gengivas.

Principais causas

Entre os fatores que podem causar uma boca mais seca estão o estresse, a diabetes, o tabagismo e o uso de alguns medicamentos.

 

Dicas para evitar a boca seca

Ainda assim, existem algumas maneiras de prevenir que a xerostomia aconteça. Minimizar a ingestão de alimentos picantes e salgados, evitar o cigarro e o álcool, e obviamente se hidratar corretamente. Mastigar chicletes sem açúcar também ajuda a estimular a produção de saliva.

Tratamento

O tratamento ideal para a xerostomia depende da causa do problema. Caso esteja sendo causada por medicamentos, fala com seu médico e explique o problema para que ele veja se é possível substituir esse remédio por outro.

Caso o problema se agrave, um médico ou dentista pode indicar o uso de algum medicamento que estimule a produção de saliva. 

 

Aqui na OdontoPrev você encontra o Plano Dental Bem-Estar que oferece limpeza, restauração, tratamentos de mau hálito e muito mais.

 

Acesse e confira as opções que a OdontoPrev tem para te oferecer.